quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Estado promove ações da XVI Semana do Encarcerado na UPR de Coroatá

   Fotos/Clayton Monteles
Por: Alan Jorge/Sejap - Um café da manhã aos presos e a apresentação do Vocal Renovar marcaram a abertura oficial da XVI Semana do Encarcerado na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Coroatá. Na ocasião, houve ainda um momento de reflexão bíblica e oração. O evento é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap).

Representando o secretário Murilo Andrade de Oliveira, o secretário adjunto de Atendimento e Humanização Penitenciária (SAAHP), José Ribamar Cardoso Lima, falou sobre os direitos dos presos previstos na Lei de Execuções Penais (LEP). O diretor da UPR de Coroatá, Ederson da Silveira Costa, destacou os trabalhos que são feitos ali no intuito de garantir a disciplina e ressocialização dos apenados.

Josane Araújo Farias Braga,, juíza da 1° Vara de Execuções Penais (VEP), destacou a importância da integração entre as instituições para fomentar as ações de reintegração de homens privados de liberdade à sociedade.

A programação da XVI Semana do Encarcerado no estabelecimento prisional de Coroatá segue com palestras de conscientização sobre os danos causados pelas drogas, humanização nas prisões e direitos e deveres do homem privado de liberdade. Atendimentos de saúde, assistência jurídica, visitas extras com exibição de cinemateca para os filhos dos apenados também fazem parte da programação do evento.

A Apac de Coroatá (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados) também participou do evento. O secretário José Ribamar Cardoso reiterou o compromisso do Governo com as associações. Uma das metas do Governo é fortalecer e ampliar as Apac’s. Até o fim do ano, a previsão é que tenha convênio com pelo menos 10 entidades. Fonte: Sejap com edição do Blog