segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Governo Comunista trata a população com bombas e gás lacrimogênio

   Foto / luispablo.com.br com arte do Blog do Carlos Filho 10
Por Luís Pablo - É cada vez mais notório a ditadura que o novo governo vem colocando em prática no Maranhão. O governador comunista Flávio Dino não tem usado o diálogo – como prometido durante sua campanha eleitoral, com a população que se manifesta para fazer alguma reivindicação ao governo.

O grande exemplo é a situação dos moradores da Vila Nestor II, que protestam contra a reintegração de posse da área onde moram no município de Paço do Lumiar-MA. Os manifestantes foram mais uma vez recebidos por homens do Batalhão de Choque com bombas de efeito moral e gás lacrimogênio.

No primeiro manifesto, policiais chegaram até a jogar uma bomba numa mãe que estava com o filho nos braços durante o protesto. Por pouco a criança, que chegou a ser hospitalizada, não morreu. Reveja aqui.

Hoje, dia 13, policiais – por determinação do governo, promoveram mais um clima de guerra na Avenida Beira-Mar, no centro de São Luís-MA, arremessando várias bombas na população, que acabou se dispersando do local. É lamentável que o governo comunista trate o povo como se fosse bandido!