quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Para deputada, criminosos não temem a segurança pública do Maranhão

   Foto: De Nestor Bezerra
Crimes cometidos à luz do dia e a ousadia de criminosos, como o assassinato ocorrido no estacionamento do Tropical Shopping, foram tema do discurso da peemedebista Andréa Murad (foto) nesta quarta-feira (02). A parlamentar criticou a política de segurança do Governo que tem se dedicado a perseguir adversários políticos e não combater a onda de violência que assombra o Estado.

- A questão que temos que parar para refletir é que os crimes estão acontecendo e as pessoas não estão tendo temor pela Polícia do Maranhão. Em pleno estacionamento de shopping disparam-se seis tiros contra um cidadão e aí volto a dizer, não estou entrando no mérito se era criminoso se não era, se merecia, se não merecia, porque acho que a Justiça precisa se encarregar que as pessoas paguem por seus eventuais crimes. Mas é a ousadia. Será que não está na hora do governador colocar a mão na consciência e ver que o secretário Jefferson Portela não tem mais condições de permanecer à frente da Secretaria de Segurança Pública? O Maranhão virou terra de ninguém - discursou.

A peemedebista também relembrou casos como a chacina de Panaquatira, a morte do mecânico em Vitória do Mearim por zelador a serviço da PM, vítimas de linchamentos, mortes dentro de ônibus coletivos e assassinato do holandês dentro de um veleiro na baía de São Marcos, crimes que ganharam repercussão internacional.

Assista o discurso completo: