segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Ricardo Murad solidário

COM A CONIVÊNCIA DE MÁRCIO JERRY, MILITÂNCIA DO PCdoB AGRIDE PROFESSORES EM BARRA DO CORDA

Por RICARDO MURAD - O primeiro-damo não aceita mais nenhuma manifestação contrária ao governo ou a um de seus aliados e a ordem é baixar o cacete. Uma vergonha a escalada da violência implantada pelo governador Flávio Dino que transformou o Maranhão num estado policial típico dos governos comunistas. Professores que reivindicavam seus direitos, e que aproveitaram a presença do primeiro-damo para que ele interferisse junto ao prefeito, seu mais novo aliado, como resposta foram bárbara e covardemente agredidos.

Esse é o clima de terror vivido pelos maranhenses em todos os lugares e onde vai Márcio Jerry e sua trepe comunista, não poupa discurso para nos agredir o que é peculiar já que não tem nada de bom pra falar do governo, e por isso tenta desmoralizar quem realmente defende os interesses do povo como a Deputada Andréa Murad que foi alvo, mais uma vez, de seu discurso agressivo. Se pensam que nos amedrontam estão muito enganados. Não recuaremos um milímetro sequer e eles terão de aprender que o respeito à livre manifestação é sagrado e precisa ser respeitado principalmente por quem detém o poder.

Estamos ao lado dos professores de Barra do Corda e de todos aqueles que diariamente são agredidos pela truculência de um psicopata que assumiu o governo prometendo novos tempos, muita diálogo e participação popular na administração e em apenas 10 meses de governo perde o apoio popular porque todos viram que o Flávio Dino da eleição era uma fraude. A deputada estadual Andréa Murad se manifestou assim: AQUI