sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

A FORÇA DO LEGISLATIVO - Prefeito de Coroatá está encolhido. Estudantes e professores enfrentam Executivo com apoio da Oposição

Prefeito se manifesta no Facebook, dando versão comprometedora que confunde a população
É impressionante como a opinião pública está sendo ludibriada pela máquina de comunicação aliada ao prefeito de Coroatá Luís Amovelar Filho (PT). Da última sessão extraordinária da Câmara Municipal, realizada na quarta-feira, 04, extrai-se o ponto corrente de que os vereadores da Bancada de Oposição, maioria no Poder Legislativo, estariam, com a obstrução dos trabalhos, prejudicando o Município e os estudantes universitários. Divulgaram que os oposicionistas seriam contra a ajuda aos universitário de auxílio de transporte da ordem de 25% para deslocamentos a instituições instaladas em outras cidades. Seriam R$ 112,00 sobre o valor base de R$ 450,00.

Espalhada na Internet, nas redes sociais, está uma versão equivocada anunciando inclusive que as matérias encaminhadas pelo Executivo já estariam devidamente aprovadas por 7 votos dos parlamentares governistas. O próprio prefeito publicou em seu Facebook a tal "aprovação" [Veja ilustração acima].

Mas, os universitários estavam em peso na Câmara e disseminaram também na Internet duras crítica contra o Poder Executivo. Denunciaram que Luís Amovelar Filho prometera em campanha conceder auxílio de 50%. [Veja ilustrações abaixo].

OBSTRUÇÃO - Na verdade, a obstrução dos oposicionistas ocorrera pela defesa dos 50% de auxílio aos universitário, como assinalou o presidente da Câmara, o vereador Josean Veras (PSC). Segundo o parlamentar o ato foi legal e, por falta de quorum, a matéria e outros projetos do prefeito tiveram votação prejudicada. Pelo rito, tudo deve retornar à Ordem do Dia.

O vereador César Trovão (PV) garantiu também que os projetos não foram aprovados, devido à obstrução regimental legítima. Disse que o quorum para qualquer votação e, no mínimo, de 08 vereadores votantes, metade mais um.

Para o vereador Reginaldo Jansen, as matérias do Governo são todas importantes; mas que havia a necessidade de adoção de algumas emendas com o fim de ampliar os benefícios propostos. Salientou que, principalmente, nas matérias dos estudantes e dos professores a serem contratados. Reginaldo esclareceu que a voz destas duas categorias não poderia ser deixada de lado.

CLIQUE AQUI E OUÇA O POSICIONAMENTO DO VEREADOR REGINALDO JANSEN