quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

FÁBRICA DE CARTÕES - Preso homem com 517 cartões usados para fraudar a Previdência Social

Fotos: Nilson Figueiredo
A Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Civil, apresentou nesta quarta-feira (15) o acusado André Lemos da Silva, preso pelo envolvimento em confecção e falsificação de cartões da Previdência Social. A sua prisão aconteceu no bairro do Turu, após investigações e monitoramento, onde foi apreendido com o criminoso maquinários para a fabricação dos cartões falsos, e cerca de 517 cartões, sendo que 172 deles estavam ativos e sendo usados de forma criminosa.

Os valores furtados, segundo a Polícia, somavam a R$ 160 mil por mês e anualmente a um valor de cerca de R$ 2 milhões de reais. Andre Lemos foi autuado pelos crimes previstos no Artigo 298.1, por clonagem de cartão, furto qualificado mediante fraude, falsificação de cartões e uso de documento falso - Crime de estelionato perpetrado contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

As investigações foram realizadas a cerca de três meses pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), por meio do Departamento de Investigações de Crimes Tecnológicos. Os policiais da SEIC descobriram que o acusado estava advindo de Brasília e ao desembarcar no aeroporto Cunha Machado, fora seguido até o bairro do Turu. No local foi abordado e detido.

O acusado, Andre Lemos [Fotos: Nilson Figueiredo]
A Delegada Geral Adjunta de Polícia Civil Adriana Amarante disse que a Polícia Federal foi informada sobre a importante prisão, no sentido de coibir os crimes contra a Previdência Social. A Polícia Federal prosseguirá as investigações no sentido de identificar outros envolvidos.

O superintendente da Seic Thiago Bardal ressaltou que Andre Lemos já fora preso em 2012 no município de Bacabal, por falsificação de cartões e tinha ainda um Mandado de Prisão pela Comarca de Bacabal. Com informações de Mauro Wagner/ASCOM SSP-MA e edição do Blog